sexta-feira, 19 de outubro de 2018

Execução Orçamentária de oito meses da Saúde, da Educação e da Assistência Social do segundo ano do Governo Rafael Diniz




Execução Orçamentária de Janeiro a Agosto do ano de 2018/2017

Fonte: PMCG

O gráfico e tabela registram as dotações orçamentárias ou os valores aportados no orçamento inicial do Município de Campos, aprovado pela Câmara Municipal, juntamente, com a execução orçamentária, referente ao período de janeiro a agosto de 2018, comparado ao mesmo período do ano de 2017. Segundo o demonstrativo da execução da despesa por função da área social.

Como se observa, de janeiro a agosto de 2018 na área da Saúde o valor executado foi de R$ 488,575 milhões,  ou seja 78,20%, da dotação orçamentária inicial que foi de R$ 624,785 milhões.  Neste mesmo período do ano de 2017, o executado foi de R$ 472,426 milhões, o que representa 90,81%, da dotação aprovada pelos vereadores, no total de R$520,212 milhões. Pode-se dizer, então, que os gastos na área da saúde deste ano, foram menores proporcionalmente, quando comparados ao ano passado.

No que se refere, ao orçamento da área da Educação, em 2018 de janeiro a agosto, os gastos atingiram o patamar de R$ 205,329 milhões. Tal quantitativo, representa 53,25% do orçamento de R$ 385,574 aprovado originalmente. Já no ano de 2017, neste mesmo período analisado, a execução financeira foi de R$ 197,538 milhões ou 64,20%, do orçamento inicial de R$ 307,680 milhões.   Assim , como no caso, da saúde em 2018, os aportes financeiros foram também inferiores, ao do ano de 2017, considerando, obviamente, o aspecto do ponto de vista proporcional.

Agora, em relação a execução financeira da Assistência Social, em 2018 de janeiro a agosto, os gastos foram de R$ 21,352 milhões, ou 32,94%, do orçamento original aprovado, cujo montante foi de R$ 64,824 milhões. Em 2017, esta relevante área do município teve o orçamento menor. O valor ficou em R$ 45,423 milhões e se gastou no período de janeiro a agosto o quantitativo de R$ 37,597 milhões, ou 82,77%, do valor orçamentário aprovado inicialmente. Percebe-se, de acordo com esta realidade que os gastos de 2017, também, foram superiores proporcionalmente, aos executados do ano de 2018.  

Finalmente, os dados acima, retratam a conjuntura da execução orçamentária e financeira, de oito meses de 2018/2017 do segundo ano, do Governo Rafael Diniz.  
            


quinta-feira, 18 de outubro de 2018

China x Brasil agora juntos no COMPERJ

Folha x Investimentos da Prefeitura Municipal de Campos



Folha e Encargos x Investimentos da Prefeitura Municipal de Campos - Janeiro a Agosto de 2018/2017 

Fonte: PMCG

Conforme os dados da execução orçamentária e financeira do orçamento municipal e registrado, no gráfico e na tabela, a folha dos servidores da prefeitura de Campos, de janeiro a agosto do ano de 2018, considerando a parcela do décimo terceiro salário do ano de 2017, cujo pagamento ocorreu em fevereiro de 2018, ficou em R$ 649,783 milhões. A do ano de 2017, neste mesmo período totalizou o valor financeiro de R$ 578,340 milhões. O crescimento da folha e os seus encargos de 2018, em relação aos oitos meses do ano de 2017, teve  crescimento relativo de 12,35%.

Agora, no que se refere a curva de investimentos, no ano de 2018 o aporte financeiro em oito meses atingiu o patamar de R$ 13,126 milhões e em 2017, neste mesmo recorte de tempo, restringiu-se, ao quantitativo de R$ 911,719 mil. 

quarta-feira, 17 de outubro de 2018

Gastos da pasta de Comunicação do Governo Diniz, aumentou 255,06% de janeiro a agosto de 2018/2017,enquanto, os aportes financeiros na agricultura cresceram,apenas,146,57% no mesmo período. Governo preocupado com a sua imagem!




Execução Orçamentária de janeiro a agosto de 2018/2017 do Município de Campos

Fonte: PMCG

Nos primeiros oito meses do ano de 2018, o Governo Rafael Diniz, gastou na pasta da Comunicação, o valor de R$ 2,042 milhões. Neste mesmo período do ano de 2017, os gastos relativos a esta área, restringiram-se ao quantitativo financeiro de R$ 575,299 mil.  Tal crescimento representou no ano de 2018, comparado a janeiro a agosto de 2017, o percentual de 255,06%.

Enquanto isso, no relevante segmento da agricultura, vocação natural do município, o Governo Diniz, parece ter sido bem parcimonioso. Como se verifica no gráfico e na tabela, de janeiro a agosto do ano de 2018 os gastos ficaram em R$ 162,736 mil e de janeiro a agosto de 2017, em, apenas, R$ 66,00 mil. Este crescimento de 2018/2017 foi de 146,57%.

Dentro desta conjuntura de execução orçamentária e financeira da prefeitura, pautada pela clara inversão de prioridades, dos gestores atuais, pode-se afirmar que, a imagem do Governo Diniz, possui mais importância do que o poderoso setor da agricultura, gerador de rendas e empregos na economia local. Lamentável!

Curva de investimentos do orçamento do ano de 2019 do Município de Campos, reduzirá 26,29% em relação ao orçamento do ano de 2018



Investimentos do Orçamento do Ano de 2019/2018- Município de Campos dos Goytacazes

Fonte: PMCG

A curva de investimentos do orçamento do município de Campos, relativo ao ano de 2019, comparado ao orçamento do ano de 2018, atualmente em processo de execução, reduzirá 26,29%. Para o ano que vem o valor aportado será de R$ 88,591 milhões, neste ano, o valor previsto para ser executado até o mês de dezembro está em R$ 120,184 milhões.

Será que o Governo Diniz conseguirá investir neste ano, o quantitativo de R$ 120 milhões? Vamos aguardar.

segunda-feira, 15 de outubro de 2018

Folha de pessoal e encargos do orçamento do ano de 2019 do Município de Campos crescerá 8,83% comparado ao orçamento do ano de 2018





Folha de Pessoal e Encargos do Orçamento do Município de Campos de 2019/2018
Fonte: PMCG

A folha de pessoal e os encargos dos servidores públicos da prefeitura de Campos, no orçamento do ano de 2019, será de R$ 952,205 milhões. Tal crescimento será de 8,83%, comparado ao valor da folha e dos encargos de R$ 874,978 milhões do orçamento de 2018, executado financeiramente, no atual exercício fiscal.

Esta variação percentual, refere-se ao crescimento vegetativo da folha em razão dos seus encargos e outras despesas, que aumentam independentemente, da política salarial adotado pelo governo. 

Renúncia Fiscal x Impacto Social

quinta-feira, 11 de outubro de 2018

Orçamento da Agricultura do município de Campos perderá 9,68% no ano de 2019



Orçamento da Superintendência de Agricultura do Município de Campos de 2019/2018 


Fonte: PMCG

O segmento da Agricultura do município de Campos, terá no orçamento do ano de 2019, o valor de R$ 14,758 milhões, para a implementação dos seus gastos.

Tal valor representa a redução de 9,68%, do orçamento do ano de 2018, cujo quantitativo orçado está em R$ 16,339 milhões, e sendo executado financeiramente neste exercício fiscal.

quarta-feira, 10 de outubro de 2018

Orçamento da Comunicação Social do ano de 2019, do Governo Diniz, aumentará 20,35%



Orçamento da Superintendência de Comunicação Social do ano de 2019/2018 do município de Campos

Fonte: PMCG

A área da Comunicação Social do Governo Rafael Diniz, terá no orçamento do ano de 2019, o valor de R$ 4,069 milhões, caso os vereadores aprovem o Projeto de Lei Orçamentária de 2019.

O aumento deste orçamento será de 20,35%, comparado ao orçamento do ano de 2018, cujo valor de R$ 3,381, encontra-se, em processo de execução.

De qualquer forma, enquanto em áreas prioritárias do município os valores são reduzidos pela atual gestão da prefeitura, nesta área que cuida da imagem do governo,  observa-se a majoração dos aportes de recursos orçamentários

segunda-feira, 8 de outubro de 2018

Orçamento da Assistência Social de 2019, do penúltimo ano do Governo Rafael Diniz, terá menos R$ 4,285 milhões na sua pasta



Orçamento da Área Social do Município de Campos para o ano de 2019/2018

Fonte: PMCG

Como se verifica no gráfico e na tabela, o orçamento do ano de 2019, da área social do município de Campos, reduzirá 6,58%, comparado ao orçamento em execução do ano de 2018. Em termos absolutos, a diminuição dos recursos chegará ao patamar de R$ 4,285 milhões. Se os vereadores aprovarem o Projeto de Lei Orçamentária. 
  
O valor aportado em toda a política de Assistência Social do Governo Rafael Diniz, para o ano de 2019, será de R$ 60,823 milhões. Em 2018 este valor foi de R$ 65,108 milhões. Importa salientar, o valor deste ano, encontra-se em processo de execução. 


Inflação de setembro fica em 0,48% pelo IPCA segundo o IBGE




Inflação de setembro de 2018 pelo  IPCA, segundo o IBGE.

sexta-feira, 5 de outubro de 2018

Orçamento da Saúde do município de Campos crescerá no ano de 2019 em relação ao do ano de 2018, 12,72%





Orçamento da Saúde do município de Campos para o ano de 2019

Fonte: PMCG

Os valores do orçamento da área da saúde do município de Campos, para o ano de 2019, ficará em R$ 704,282 milhões. Tal valor crescerá 12,72%, em termos nominais, em relação ao orçamento aportado no ano de 2018, cujo quantitativo da dotação original está em R$ 624,785 milhões.

Realmente, o orçamento da área da saúde de Campos do ano de 2019, ficará num patamar financeiro, obviamente, se aprovado pelos vereadores, superior ao de milhares de municípios espalhados pelo nosso Brasil.   

quinta-feira, 4 de outubro de 2018

Que decadência de uma sociedade, ter Bolsonaro, como o primeiro mandatário!



Basta tirar a presidente Dilma que o Brasil melhora!






Após o processo eleitoral do ano de 2014, quando na ocasião, disputaram o segundo turno das eleições presidenciais, o candidato do PSDB, o senador Aécio Neves e a presidente Dilma do PT. Parece que nada mudou nestes últimos anos, pelo contrário, acho que a atual conjuntura política e econômica, encontra-se bastante confusa, recheada de muitas especulações e desconfiança.

À época do malfado impeachment, cujo crime de responsabilidade, ensejador do interrompimento do mandato da presidente eleita pelo voto direto, a frase em que mais se ouvia nas ruas  pelas vozes, dos segmentos econômicos, sociais, políticos e culturais do país, interessados em usurpar o mandato da presidente era a seguinte, “ basta tirar a presidente Dilma do poder que o Brasil melhora”. Apoiado nestas palavras, manifestantes foram às ruas vestidos de verde e amarelo, gritar palavras de ordem contra a presidente.

Esqueceram, certamente essas vozes, que o sucessor da presidente, era um homem do antigo PMDB, hoje MDB, partido comprometido historicamente, com a corrupção sistêmica da estrutura política brasileira, sem nenhuma autoridade moral, para assumir a instituição da Presidência da República. E por ela empreender um governo de transição, no sentido de entregar em janeiro de 2019, ao futuro presidente eleito, os destinos do país. Infelizmente, o escolhido pelo poder político e econômico, o presidente Temer, entrará para a história republicana do país, como o único presidente denunciado pelo Ministério Público Federal, por ato de corrupção. Denúncias  derrubadas duas vezes pelo Congresso Nacional.

Agora, em 2018, em razão talvez das desilusões provocadas nos últimos períodos, assiste-se, a continuidade do processo eleitoral de 2014, o ano que ainda não terminou. O pior disto tudo, as mesmas forças políticas e econômicas reacionárias, articuladoras do impeachment da presidente, protagonizam atualmente a cena, retornam em alto estilo, promovem  a defesa das mesmas ideias do passado, e com isso, alimentam a ilusão, de que o Brasil mudará a sua cara, em razão da eleição do Capitão do Exército e Deputado Federal pelo Estado do Rio de Janeiro, Jair Bolsonaro. Que decadência de uma sociedade, ter Bolsonaro, como o primeiro mandatário!

Sinceramente, tenho imensas dúvidas sobre isso, não consigo identificar nenhum tipo de mudanças dentro da perspectiva bolsonarista, pelo contrário, observo que a sociedade brasileira, embarca numa aventura perigosa, autoritária, revanchista, xenófoba, homofóbica, racista, de intolerância, sem respeito aos direitos conquistados pelas mulheres, além de colocar, em risco os valores  democráticos brasileiros.  Se confirmar as intenções de voto dos institutos de pesquisas, o Brasil, sofrerá retrocesso histórico, seja do ponto de vista econômico, social, político e cultural. Os próximos quatro anos, serão extremamente difíceis para os brasileiros.

Acrescento, ainda, a candidatura de Jair Bolsonaro, está destituída de projetos, seja na área da educação, na área da saúde, na área da segurança pública e na economia. Construir a nação dos nossos sonhos, pautado no discurso de ódio, de segregação, com toda a certeza, o produto decorrente deste enfeixe, não será dos melhores. Já vi esse filme antes. Por isso, digo: #EleNão.

quarta-feira, 3 de outubro de 2018

Orçamento da Segurança Pública do município de Campos do ano de 2019 sofrerá redução de 31,42%, em relação ao do ano de 2018





Orçamento da Segurança Pública do Município de Campos de 2019/2018


Dando continuidade a publicação dos dados do orçamento do ano de 2019, do município de Campos, comparando ao orçamento do ano de 2018, aprovado pelos vereadores em 2017.

Verifica-se que, os recursos orçamentários aportados na área de Segurança Pública do município, sofrerá redução de 31,42% no exercício fiscal de 2019, caso os vereadores aprovem o Projeto de Lei Orçamentária, encaminhado pelo Poder Executivo, a honrosa casa de lei.

A guisa de esclarecimento, no ano de 2018, os valores aprovados foram de R$ 681 mil e no ano que vem será de R$ 467 mil, reiterando, se for aprovado pela Câmara.


Importa salientar, o orçamento da Segurança Pública, envolve todas as ações relacionadas a Guarda Civil Municipal, seja diretamente, como, também, indiretamente.   

terça-feira, 2 de outubro de 2018

Orçamento da Câmara Municipal de Campos do ano de 2019 comparado ao orçamento do ano de 2018 crescerá apenas 0,33%, se for aprovado



Orçamento do ano de 2019/2018 da Câmara Municipal de Campos

Fonte: LOA de 2019

A partir de hoje daremos início, a uma série de publicações sobre o orçamento fiscal do ano de 2019, comparando ao orçamento de cada órgão do ano de 2018, cuja  execução, ainda, não terminou.

Começaremos com o orçamento da função Legislativa, ou seja, o valor que a Câmara Municipal, terá para gastar no ano de 2019.

Para o ano de 2019, o Poder Legislativo de Campos, terá como dotação orçamentária o valor arredondado de R$ 27,868. O crescimento em relação ao orçamento aprovado pela Câmara em 2017 para este ano, que foi de R$ 27,775 milhões, será de apenas 0,33%. Não chega nem a um porcento.

segunda-feira, 1 de outubro de 2018

Preço do barril de petróleo tipo Brent já passa hoje dos US $ 83,00

 

Preço do barril do petróleo tipo Brent, já passa no dia de hoje dos US$ 83,00.

Preço do barril do petróleo tipo Brent aumentou 62,75% de junho a setembro de 2018. Boa Notícia!






Preço do Barril do Petróleo Tipo Brent

Fonte: Investing.com


A possibilidade da entrada em vigor das sanções comerciais dos Estados Unidos contra o Irã, no dia 4 de novembro, tem deixado o mercado do petróleo tipo Brent, nervoso. Em razão deste fato, os investidores vislumbram a possibilidade da oferta deste precioso produto reduzir. Com isso, os preços do barril sofreram variações significativas, como a guisa de exemplo, do mês de junho a setembro de 2018, o barril variou 62,75%, saiu do patamar de US$ 51,11 para encerrar o mês de setembro em US$ 83, 18.

Este movimento altista, por parte desta preciosa commodities tem melhorado sensivelmente, a arrecadação dos royalties e das participações especiais, dos estados e dos municípios produtores. Boa notícia!